Renata transforma o amigo em voyeur particular

A ideia foi do próprio Alberto, que quis espiar uma transa dela com Paulo. A ideia deu tão certo que agora eles só pensam em repetir a dose. Renata não acreditava que estava próxima de dar este passo. Embora a ideia a excitasse demais e fosse impossível resistir, havia a timidez e o medo de que Alberto contasse tudo para outras pessoas. Ainda assim, estava resolvida a arriscar. Fazia algum tempo que trocava mensagens picantes com Alberto, mas tinha dúvidas quanto a sair com e

Flávia e o sonho erótico com sexo grupal

O que teria despertado aquelas imagens em seu subconsciente? Os olhares cheios de desejo daqueles três homens rudes sobre seu corpo? Já passava das 7h quando Flávia acordou de sobressalto, escutando o barulho do chuveiro. Estava com a respiração ofegante, borboletas pareciam bater asas em sua barriga e, para sua surpresa, constatou que seus seios estavam entumecidos e a calcinha, molhada. Havia tido um sonho erótico após muitos anos, sem dúvida, mas só aos poucos começava a s

Talita e a deliciosa transa no carro do colega

Loira e cobiçada, ela finalmente cedeu e deixou Márcio pegá-la no carro. E não se arrependeu, pois o sexo naquele ambiente apertado foi delicioso. Já estava ficando difícil para Márcio aquela rotina de caronas para Talita após o trabalho. Loira, de olhos verdes e pele bronzeada, ela chamava atenção por onde passava. As coxas bem torneadas, o bumbum empinado e os seios firmes completavam o conjunto, cuja cereja no bolo era a simpatia da moça. Talita, além de gata e gostosa, er

Eliana e o irmão gostoso do melhor amigo

Ela só queria estudar com o amigo, mas ao buscar um livro esquecido na casa dele, se entregou todinha para o irmão mais velho e bonitão Eliana mal havia dobrado a esquina quando se deu conta da leveza de sua bolsa. Ao apalpá-la, deu um tapa na própria testa e fez meia volta. Teria de voltar à casa de seu melhor amigo, Beto, para pegar o livro que havia esquecido. Os dois estavam estudando juntos para o vestibular e o livro era fundamental. Aos 21 anos, Eliana não via a hora d

Estela e o delicioso sexo no escurinho do cinema

Ela adorava correr um risco, e foi ao cinema prontinha para transar lá mesmo com o namorado. Será que alguém ia ficar observando? Felipe e Estela namoravam há alguns meses e ainda estavam curtindo aquela maravilhosa fase de paixão e sexo. Aquele tipo de momento que faz a gente ter vontade de se apaixonar sempre, ainda que saibamos que o passar do tempo e a rotina sempre transformem o fogo em brasa e – às vezes – em cinzas. Mas vamos manter o moral e a excitação elevados, pois

Eu, a loira grã-fina e o marido voyeur

Trabalhar em um elegante hotel do litoral me proporcionou muitas aventuras, mas nenhuma igual a essa. Já vivi muitas experiências sexuais nessa vida, mas nenhuma igual a que vou contar a seguir. Como instrutor de tênis e ‘personal trainer’ em um luxuoso hotel do litoral, oportunidades nunca faltaram para eu conquistar mulheres, das mais variadas idades. Creio que meu corpo atlético e bronzeado, meu rosto másculo e minha lábia ajudam muito, modéstia à parte. Mas sei também que

Patrícia relembra a posição preferida com César

Ela está casada, mas o reencontro com um ex traz várias lembranças à tona. A melhor delas tem a ver com prazer, e eles repetem tudinho. Cenário Quarto de motel. Após anos sem se encontrarem, os ex-namorados César e Patrícia marcam um encontro. A ideia do motel foi dela, que agora está casada e precisa de um “local discreto”. César vai ao motel com esperança de se tornar amante de Patrícia, mas ela rejeita a ideia e não se entrega a ele. Bravo, César reclama de todas as idas e

Tassiana e o pintor bem-dotado

Ela tinha esta fantasia, e não resistiu a dar de cara com o homem no banho. Seu membro era o maior que já tinha visto Tassiana não conseguia se livrar do fetiche por homens bem-dotados. Sabia que a grande maioria das mulheres não dava tanta importância para isso. Mas, para ela, essa realmente era uma fantasia que excitava muito. “O que posso fazer?”, pensava consigo mesma. “Há quem se excite com voyeurismo, com masoquismo ou troca de casais. Eu me excito com homens pauzudos.”

Renata e o Garotão com Calça de Moletom

Desde a experiência anterior, ela vivia doidinha para repetir a dose com um rapaz mais jovem. A oportunidade surgiu quando começou a dar aulas particulares para um belo moreno. Já fazia alguns meses que o “casinho” de Renata com Guilherme havia terminado. Após aquela noite quente no apartamento da praia, ela e o garotão voltaram a sair e a transar algumas vezes, mas a diferença de idade falou mais alto. Afinal, o rapaz ainda estava no pique das baladas da faculdade, enquanto

Érica se entrega toda ao vizinho tarado

Ela era muito comportada e fiel ao namorado sem graça. Mas a chegada de um cara bonito e fogoso mudou sua vida. Apesar de já ter passado dos 25 anos, Érica vivia sob a poderosa supervisão dos pais, como se ainda fosse uma garotinha. Namoros eram vigiados sem descanso, e pai e mãe não escondiam o desejo de casar a filha de branco, virgem, na igreja. Mal sabiam eles que isso já não seria mais possível. Embora fosse comportada, sem vocação para a rebeldia, Érica já havia transad

Cláudia e o ménage com o amigo e um sujeito misterioso

Mulher discreta, mas independente e fogosa, ela queria escolher entre César e Thiago. Mas acabou ficando com os dois e foi à loucura. O calor escaldante, a sombra sob o guarda-sol, o barulho das ondas quebrando a poucos metros e a cervejinha gelada formavam o cenário ideal pelo qual Cláudia ansiava desde o começo da semana. De óculos escuros e viseira protegendo o rosto, podia observar à vontade o vaivém de pessoas na praia. Adorava a diversidade de tipos físicos e dedicava v

Transei com um desconhecido no canto escuro do bar

Ela adorava dançar, e um desconhecido fazia isso tão bem que conseguiu levá-la à loucura em um lugar cheio de gente. Sou filha de estrangeiros e nasci em outro país, mas moro no aqui desde pequena e me considero uma legítima brasileira. Tenho os cabelos castanhos claros, olhos esverdeados e um sorriso bonito, pois adoro a vida e tudo que faço! Sou alta, com pernas compridas e firmes, cintura fina e seios médios. Para quem não é uma típica mulher deste país, meu bumbum até que

Não comprei o imóvel, mas o corretor me ensinou muita coisa

Ela estava insegura na cama e com o noivado, mas um homem misterioso e experiente a deixou soltinha e e confiante durante uma noite de muito sexo Eu estava noiva, com casamento marcado para breve. Amava meu futuro marido, Cláudio (nome fictício) e até que nos dávamos bem na cama. Ele sempre foi bom nesse quesito, além de atencioso com minhas vontades. Mesmo assim, eu me sentia um pouco presa, tímida, durante o sexo. É que eu não havia tido mais experiências até então. Tinha 2

Na reforma do apê, me deliciei com a proprietária

Eu sabia que, por trás daquele jeito tímido e retraído, se escondia uma mulher fogosa. E Andréa provou ser mesmo uma delícia. Certa vez, fui chamado para coordenar a reforma em um apartamento onde moravam um casal, já entrando na terceira idade, e uma filha, que tinha cerca de 30 anos. Esta moça se chamava Andréa e, apesar de tímida e retraída, era bonita e atraente. Magra e com ombros e braços bem desenhados, tinha coxas firmes e um bumbum pequeno, mas durinho. A mesma coisa

Bianca pede para ver o amigo bem-dotado e não resiste

Ela estava curiosa para saber se era verdade as histórias sobre o membro enorme de Maurício. Uma noite, pediu para ele mostrar e acabou não resistindo. O cenário Bianca e Maurício são colegas e viajaram para a praia com a turma de amigos, todos na casa dos 27 anos. À exceção dos dois, os outros eram casais de namorados. Após um dia inteiro de praia, churrasco e bebidas, chegou a hora de dormir. Cada casal ocupou um quarto. Bianca dormiria sozinha no quartinho dos fundos, e Ma

Sílvia, o coroa rico e o filho dele

Ao ser contratada pela família milionária, ela não podia imaginar que acabaria realizando sua mais louca fantasia sexual Sílvia estava feliz por finalmente ter fechado contrato com um bom cliente. Não era fácil mudar o rumo da vida profissional aos 35 anos, mas não se arrependia de ter trocado o Direito pelo paisagismo. Sempre tivera paixão pela natureza, especialmente pela possibilidade de ornar plantas e objetos com a área externa das casas e dos edifícios. Fazer o projeto