Bianca pede para ver o amigo bem-dotado e não resiste

Atualizado: 4 de out. de 2018

Ela estava curiosa para saber se era verdade as histórias sobre o membro enorme de Maurício. Uma noite, pediu para ele mostrar e acabou não resistindo.


O cenário

Bianca e Maurício são colegas e viajaram para a praia com a turma de amigos, todos na casa dos 27 anos. À exceção dos dois, os outros eram casais de namorados. Após um dia inteiro de praia, churrasco e bebidas, chegou a hora de dormir. Cada casal ocupou um quarto. Bianca dormiria sozinha no quartinho dos fundos, e Maurício no sofá. Porém, ela o convidou para ocupar o quarto com ela. São duas camas de solteiro, quase grudadas. Mesmo de luz apagada, o quarto não fica todo escuro, graças à lua cheia e à iluminação do jardim. Ela é morena de cabelos lisos, olhos escuros, cintura fina, bumbum e seios empinados. Ele tem os cabelos castanhos e rebeldes, típicos de surfistas, pelo bronzeada e corpo atlético. Minutos após se deitarem, ela de top e um shorts de algodão, ele sem camisa e também de shorts, começam a ouvir gemidos no quarto ao lado. Um dos casais está transando sem cerimônia.


O diálogo dos acontecimentos Bianca: - Nossa, a Camila e o Pedro estão inspirados!

Maurício: - Pois é, que sacanagem! Literalmente.


Os dois riem. Ficam sem sono. Os gemidos se intensificam.


Bianca: - É verdade o que a galera fala de você? Aqueles apelidos: tripé, bazuca...?

Maurício: - Ah! Você sabe como são os caras, né? Não perdoam quando alguém tem alguma característica diferente. Não sabia que você conhecia essa história.

B: - A gente ouve as brincadeiras. E as mulheres também comentam. Aquela sua ex peguete, a Carla, contou para várias garotas... Mas “ele” é diferente como? É muito maior que o normal?

M: - Assim você me deixa com vergonha! Mas acho que é, sim.

B: - Dizem que o normal é 14 centímetros, ou sei lá, até 18 centímetros. O seu tem quantos?

M: - Nossa, você está direta hoje! Bom, o meu tem 23 centímetros.

B: - Nossa! É bem grande mesmo... O que as mulheres falam quando veem?

M: - Tem de tudo. Algumas se assustam e falam que machuca. Outras adoram.

B: - Sei... Imagino!

M: - E você, o que acha?

B: - Eu? Não sei! Nunca vi um assim...


A respiração dos dois está mais ofegante, ansiosa. O casal no quarto ao lado parece gozar junto. Gemidos masculinos e femininos se misturam num volume alto, e depois silenciam. Passa-se um minuto de silêncio, que parece uma eternidade.



Mulher morena com a mão na boca curiosa enigmática

Bianca: - Maurício? Dormiu?

Maurício: - Não consegui dormir com esse barulho e essa nossa conversa! Hahaha!

B: - Quer me mostrar?

M: - Mostrar o quê?

B: - “Ele”?

M: - Você quer ver? Mas eu estou envergonhado, e ele não está tão “acordado”. E se você não curtir?

B: - Até parece! Eu também estou com vergonha e não quero que você me veja olhando. Mas fiquei curiosa... Faz assim, coloca essa camiseta como uma venda nos seus olhos. Isso! Agora abaixa o shorts para eu ver.

M: - Tá bom, já não tô vendo nada. Agora vou baixar, tá?

B: - Tá...

Bianca: - Nossa! É grande mesmo. E grosso! Nunca vi assim, vai até o meio das coxas...

Maurício: - E está gostando?

B: - Estou... Agora ele tá ficando duro, seu safado! Que grande!

M: - Coloca a mão nele...

B: - Só um pouco. Nossa, é muito grosso, minha mão nem fecha. É gostoso se eu fizer assim, pra cima e pra baixo? Tá ficando mais duro...

M: - Aiiii... Hmmmm! Tá muito gostoso. Quer chupar?

B: - Deixa eu ver... Hummmm... Hummmm... Gostoso demais. Hummmm... Só consigo até a metade, e que grosso e gostoso que ele é. Gosta assim, passando a língua pela cabeça?

M: - Aiiii... Isso! Gosto demais, delícia! Assim vou gozar.

B: - Ainda não, tá?

M: - Tá. Agora vamos trocar. Pega aqui a camiseta, cobre seus olhos... Isso. Agora deita.

B: - Não tô vendo nada. O que você vai fazer comigo? Você vai tirar minha roupa?

M: - Vou. Tô baixando seu top pelas alcinhas... Nossa, que seios gostosos. Do tipo que eu gosto: cabem na mão e na boca, mas bem empinhadinhos. Hummm...

B: - Ai, isso! Adoro assim! Dá mordidinha, bate com a língua... Beija... Hummmm!

M: - Agora vou tirar seu shortinho... Que calcinha gostosa, branquinha e muito pequenininha. Boa de fazer sabe o quê?

B: - Ai, o quê?

M: - Afastar de ladinho assim, ó. Agora, sim! Que bocetinha gostosa. Bem depiladinha, só com um pouco de pelinho escuro em cima. Toda rosadinha... Vou fazer carinho nela... Nossa, que molhadinha. Que clitóris gostoso, todo durinho.

B: - Hummmmmm! Aiiiiii! Chupa...

M: - Que delícia.... Você gosta assim, passando a língua em círculo, pra cima e pra baixo? Vou dar chupadinha e enfiar meu dedo.

B: - Isso, adoro! Aiii, gostoso.

M: - Tá muito molhada e apertadinha. Acho que vai gostar se eu colocar mais um dedo pra ficar cheia de apetite. Hummm...

B: - Ai, que tesão! Tô adorando esses dedos, faz mais rápido!

M: - Sabe o que eu vou fazer agora? Vou pegar uma camisinha aqui na mala.

B: - É? Tem que ser extra large, né? O que você vai fazer comigo? Não tô vendo nada.

M: Tô colocando a camisinha, agora sente o meu pau querendo a sua xaninha, sente?

B: - Ai, muito bom assim, esfregando essa cabeça enorme no meu clitóris. Isso, mais! Mas ele é muito grande, eu prefiro ficar por cima no começo, tá?

M: - Você é quem manda. Tô deitando. Vem...

B: - Ai, como você é forte e gostoso. Me beija... Hmmmm.... Ai, que pau grande, tô ajeitando ele e vou sentar. Ai! Aiiiii! Muito grosso, dói! Mas dá tesão ao mesmo tempo. Aiiii...

M: - Isso, senta. Entrou quase inteiro, sua tesuda, gulosinha. Vou meter bastante.

B: - Aiiii!! Mete, enfia! Ai... Isso, dá tapa na minha bunda e mete gostoso! Chupa meus seios que eu gozo, isso... Aiiiii! Hummmmm.... Que gostoso ser comida por esse pau tão grosso!

M: - Que bocetinha gostosa, apertada e molhada. Como você é linda, tesuda! Te quero...

B: - Quer me pegar de quatro?

M: - Claro que quero. Isso, vem cá. Empina bem essa bunda gostosa. Que cuzinho apertado. Vai tomar surrinha de pau na bunda. Toma!

B: - Ai, que cacete bom! Bate na minha bunda com ele, isso. Bate no cuzinho! Aiiiii!!! Hummm.

M: - Vou meter nessa buça empinadinha e aberta, toda lisinha. Ai, delícia. Tá entrando quase inteiro de novo, viu?

B: - Não acredito! Que delícia! Só quero você agora, só esse pau grande. Mete rápido, segura minha cintura e puxa meu cabelo! Isso... Aiiiiiiii! Hummmm! Aiiii, tô gozando muito! Delíciaaaaaaaaa!! Mais rápido, isso! Aiiii! Tá doendo e tá gostoso ao mesmo tempo! É muito grande e grosso, aiiiiii!!

M: - Tá gozando gostoso, sua tesuda? Gostosa!

B: - Aii, uiii... hm... ai, minha xana. Tô gozando muito, Maurício! Aiiii!

M: - Agora vou tirar a camisinha e te dar minha porra, vem.

B: - Isso, vai. Bate punheta pra mim com esse pauzão igual naqueles filmes. Vai, goza no meu rosto e nos meus peitinhos...

M: Gostoooosa! Ai, tô gozando, tesuda!

B: - Hummmm.... Que delícia! Como você goza! Me encheu com sua porra quente, aiii, adoro...


Bianca e Maurício desabam na cama de conchinha e dormem um sono profundo, mas já com a certeza de que vão "dar mais uma" assim que acordarem. Eles nem se deram conta de que todos os outros convidados se amontoaram para escutar tudo na porta do quarto, inspirados e com inveja dos gritos e gemidos que ouviram nos últimos minutos.


Leia também: A Namorada e o Bem-Dotado


#contoseroticos #literaturaerotica #sexo #pornô #fantasiasexual #bemdotado #adulto

519 visualizações